O que os meus olhos não viam


Acho que nesse momento sinto-me segura o suficiente para admitir que eu não sabia quem eu era. Era uma​ tentativa de criar autoestima. Acho que na vida agente passa por situações que marcam para sempre. Também acho que devemos experimentar de tudo e compreender o que serve pra nós. As amizades, os relacionamentos e tudo o que está enraizando no nosso inconsciente. Fiz uma reflexão sobre o que ocorreu comigo nas últimas 72 horas. O que falamos, o que falaste e principalmente sobre o que vivi, principalmente sob o julgamento dos outros e de como me via. Tenho crido errado. Em Deus e nos homens. E em mim. Obrigada por me tirar do abismo. Eu sei que somente eu devo e posso me socorrer. Serão as minhas mãos que devem me levantar. Também sei que ninguém é perfeito e que eu não sou perfeita. Essa foi a maior lição que tirei pra mim e pra vida que ainda estar por vir. Quanto mais se busca a perfeição mais longe dá realidade ficaremos. Foi o que aconteceu comigo.
←  Anterior Proxima  → Página inicial